Tamanho do texto

BRASÍLIA (Reuters) - O déficit em transações correntes do Brasil deve acelerar para 32,7 bilhões de dólares no próximo ano, estimou o Ministério da Fazenda, segundo documento divulgado nesta quarta-feira. O valor é inferior ao previsto para o investimento direto em 2009, de 30 bilhões de dólares.

Para 2010, a Fazenda calcula que o déficit em transações correntes recuará ligeiramente para 31,8 bilhões de dólares, enquanto os investimentos cairão para 28 bilhões de dólares.

(Reportagem de Isabel Versiani)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.