Tamanho do texto

Pesquisa deste sábado mostra que 58,6% dos ouvidos no levantamento disseram que a economia doméstica está crescendo

selo

Mais executivos japoneses têm manifestado melhora do sentimento corporativo, segundo pesquisa do jornal Nikkei, citada pela Dow Jones. A pesquisa deste sábado mostra que 58,6% dos ouvidos no levantamento disseram que a economia doméstica está crescendo, um aumento significativo ante 38,6% registrados na pesquisa anterior, realizada em dezembro.

Embora existam fatores de risco, como a elevação dos preços do petróleo, o resultado indica um futuro mais otimista para a economia japonesa. As respostas obtidas na pesquisa foram enviadas por 140 presidentes e representantes do alto escalão de companhias japonesas.

Na pesquisa, quase 60% dos ouvidos disseram que estavam otimistas - 44,3% dizem que a economia mostra alguns sinais de melhora e 14,3% afirmam que a economia está crescendo quando comparada há seis meses.

Enquanto isso, 37,1% dos pesquisados afirmam que quase não viram mudança na economia, enquanto 3,6% avaliam as condições como tendo piora.

Em relação à perspectiva econômica, 75,7% dos executivos avaliam que a economia será melhor ou estará mostrando alguns sinais de melhora três meses à frente, acima dos 43,8% dos ouvidos na pesquisa anterior.

A pesquisa pediu aos executivos que enumerassem duas principais razões para a expectativa de melhora que foi citada. O maior grupo de resposta, com 63,2% dos pesquisados, atribui tal perspectiva ao desempenho do iene. O segundo motivo mais votado foi a demanda relativa à reconstrução após o terremoto. As repostas que citaram a economia norte-americana totalizaram 27,4%. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.