Tamanho do texto

Apesar do dado positivo, inadimplência no setor ainda está longe de ser resolvida, segundo informações da RealtyTrac Inc.

O número de execuções hipotecárias registradas nos Estados Unidos é agora 2% menor do que em abril do ano passado, mas que indicam que o problema de inadimplência ainda está longe de ser resolvido, indicam dados divulgados hoje pela empresa RealtyTrac Inc.

O relatório publicado hoje destaca que há milhões de potenciais execuções hipotecárias a serem realizadas, pois cerca de 7,4 milhões de pessoas - 12% de todos os que têm hipotecas nos EUA - deixaram de pagar prestações pelo menos por um mês no último ano.

A RealtyTrac, empresa que acompanha as execuções hipotecárias nos Estados Unidos, indicou que um em cada 387 imóveis no país - 334 mil no total - receberam notificação de execução hipotecária em abril deste ano, mas esse número é 9% inferior ao de março.

O presidente da RealtyTrac, James Saccacio, afirmou que os números de abril demonstram que as execuções orçamentárias começam a se estabilizar, mas que ainda se encontram em um nível muito alto que não parece que irá se reduzir tão cedo. Para Saccacio, os números se manterão altos, mas não aumentarão.