Tamanho do texto

O governo dos EUA apresentou um déficit de US$ 120,29 bilhões em novembro, o que deixou o rombo no ano fiscal acima do que estava no mesmo mês do ano passado. Em relação ao déficit de US$ 125,29 bilhões de novembro de 2008 houve um leve recuo.

No ano fiscal, o déficit acumulado atinge US$ 296,65 bilhões, ante US$ 280,7 bilhões nos dois primeiros meses do ano fiscal de 2009. Os anos fiscais dos EUA começam em 1º de outubro. Economistas ouvidos pela Dow Jones previam déficit de US$ 135 bilhões em novembro.

Os dados no acumulado do ano preocupam. O governo federal gastou US$ 1,417 trilhão mais do que arrecadou no ano fiscal de 2009, triplicando o recorde registrado no ano anterior. A recessão, o custo de guerras e o socorro a Wall Street contribuíram para aumentar o déficit federal.

Segundo os dados do Tesouro, em novembro de 2009 o gastos do governo totalizaram US$ 253,88 bilhões, de US$ 269,98 bilhões em novembro de 2008.

Os gastos do governo federal no ano fiscal até agora totalizaram US$ 565,57 bilhões, de US$ 590,36 bilhões nos primeiros dois meses do ano fiscal de 2009.

Os gastos brutos do Programa de Alívio de Ativos Problemáticos (Tarp, na sigla em inglês) totalizaram US$ 2,35 bilhões no ano até agora. O Tarp foi criado no ano passado para socorrer o sistema financeiro.

Neste ano fiscal, Washington destinou US$ 21,62 bilhões a benefícios aos desempregados. Desde que a recessão começou, em dezembro de 2007, 7,2 milhões de empregos desapareceram. Em novembro, a taxa de desemprego foi de 10%.

O governo pagou US$ 35,89 bilhões em juros neste ano fiscal sobre a dívida nacional, que se aproxima rapidamente do teto de US$ 12,1 trilhões. O Congresso deve votar um aumento no limite antes do recesso de Natal.

Em outras contas, Washington gastou US$ 117,90 bilhões destinados à defesa da nação. Os benefícios dos veteranos somaram US$ 18,15 bilhões. A seguridade social totalizou US$ 114,91 bilhões.

As receitas do governo no mês passado foram de US$ 133,59 bilhões, uma queda em relação aos US$ 144,78 bilhões de novembro de 2008.

No ano fiscal, as receitas do governo federal totalizaram US$ 268,92 bilhões, ante US$ 309,63 bilhões nos primeiros dois meses do ano fiscal de 2009. Com o desemprego elevado e os salários estagnados, a receita com o imposto de renda para pessoa física somou US$ 109,11 bilhões, de US$ 146,42 bilhões. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.