Tamanho do texto

Medida irá eximir tarigas as importações de milhares de produtos argentinos; EUA alegam falta de pagamento

 O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, suspendeu hoje temporariamente os benefícios comerciais que concede à Argentina devido à falta de pagamento de mais de US$ 300 milhões a duas companhias americanas após decisões judiciais favoráveis às empresas.

A medida, que entrará em vigor em 60 dias, suspende a Argentina do Sistema de Preferências Generalizadas (GSP, na sigla em inglês), que exime de tarifas as importações de milhares de produtos de países em desenvolvimento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.