Tamanho do texto

Já a China foi o principal destino dos produtos brasileiros no ano passado, mostram dados do Ministério do Desenvolvimento

Mesmo em grave crise interna, os Estados Unidos ainda conseguiram manter, em 2011, o posto de principal fonte das importações brasileiras.

No ano passado, os EUA exportaram ao Brasil US$ 34,2 bilhões, resultado pouco superior aos US$ 32,8 bilhões em bens e serviços que viweram da China. A terceira maior fonte das importações foi a Argentina, com US$ 16,9 bilhões, pouco mais que a Alemanha, com US$ 15,2 bilhões.

Leia mais : Superávit comercial do Brasil soma US$ 29,8 bilhões em 2011

Já a China foi o principal destino dos produtos brasileiros no ano passado. Do total das exportações recordes de US$ 256,04 bilhões do país, US$ 44,31 bilhões foram destinadas ao mercado chinês, representando uma alta de 44% em relação a 2010.

Os principais produtos vendidos foram os do complexo soja (soja em grão, farelo e óleo de soja) e minério de ferro. O segundo maior mercado os produtos brasileiros foram os Estados Unidos, com compras de US$ 25,94, 33% a mais que em 2010.

Veja também : Brasil tem superávit comercial 43% maior no acumulado do ano

No lado das importações, as encomendas feitas de fornecedores americanos atingiram US$ 34,22 bilhões, 25,6% a mais que em 2010. Na sequência, figura a China, com US$ 32,78 bilhões, aumento de 28,1% em relação a 2010.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas