Tamanho do texto

A Usina Conquista do Pontal, que foi inaugurada ontem pela ETH Bioenergia na região do Pontal do Paranapanema, no interior de São Paulo, vai receber investimentos de mais R$ 70 milhões nos próximos 10 meses para começar a produzir açúcar. A nova usina iniciou suas operações ontem, com capacidade de moagem de 2,7 milhões de toneladas de cana e produção de etanol de 140 milhões de litros por ano.

Foram investidos R$ 400 milhões até o momento.

A informação foi dada pelo diretor de pessoas e sustentabilidade da ETH, Luiz Pereira de Araújo Filho. Segundo ele, diferentemente dos dois projetos greenfield - construídos do zero - inaugurados pela ETH em outubro - a Unidade Rio Claro, localizada em Caçu (GO), e a Santa Luzia, em Nova Alvorada do Sul (MS) -, que produzirão apenas etanol, a Conquista do Pontal também vai produzir açúcar, aproveitando a melhor logística existente no Estado. As primeiras sacas de açúcar da Conquista deverão deixar a usina em setembro de 2010.

PRIMEIRA ETAPA
Com a inauguração da Conquista do Pontal, a ETH Bioenergia - que pertence ao grupo Odebrecht - conclui a primeira fase de suas operações, que inclui a inauguração de três projetos greenfield em três polos distintos de produção. Com foco em etanol e bioeletricidade, as unidades têm em comum também a inclusão, na sua construção, de conceitos atualizados de sustentabilidade. Segundo Araújo, as usinas foram construídas de forma a reduzir o consumo de água e de energia elétrica.

As lavouras das usinas já nascem 100% mecanizadas. Segundo o executivo, a Usina Alcídia, comprada pela ETH já pronta, encontra-se em fase de transformação em uma unidade ainda mais limpa. Até o momento, 65% de sua colheita está mecanização. Localizada no mesmo polo que a Conquista do Pontal, a Alcídia tem até 2014 para mecanizar a colheita em 100%, de acordo com lei vigente no Estado de São Paulo.

Na Conquista do Pontal, além dos investimentos na produção de açúcar, outros R$ 300 milhões serão investidos até 2012 para dobrar a capacidade instalada de moagem da usina para 5,5 milhões de toneladas por safra.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.