Tamanho do texto

A proposta de criação de um mecanismo de negociação para o pagamento de tributos em atraso, incluída no pacote fiscal do governo, é vista com ressalvas por alguns especialistas. Se os parâmetros não forem bem definidos podemos ter um palco de negociatas, disse Sidney Stahl, sócio do escritório PRS&Z Advogados, em São Paulo.

Uma das preocupações dos especialistas é que a instituição do mecanismo poderia servir como um incentivo para o não pagamento de tributos no tempo devido.

O governo, por sua vez, entende que a transação tributária vai permitir que a Fazenda consiga receber, num curto espaço de tempo, créditos que poderiam levar anos para chegar aos cofres públicos. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.