Tamanho do texto

Emenda constitucional acordada entre os principais partidos do país entraria em vigor em 2020

A Espanha obteve consenso político nesta sexta-feira para determinar limites constitucionais para o déficit e a dívida.

A emenda constitucional acordada entre os principais partidos do país entraria em vigor em 2020 e não incluirá dados específicos de teto de déficit, disse o governista Partido Socialista em comunicado nesta sexta-feira.

A emenda precisa ser aprovada antes de 30 de junho de 2012.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.