Tamanho do texto

A equipe do presidente eleito americano Barack Obama e a Câmara dos Representantes chegaram a um acordo para votar um plano de retomada colossal de US$ 825 bilhões, indicou a Câmara nesta quinta-feira.

"Nas próximas duas semanas, o Congresso vai examinar a Lei de retomada e de reinvestimento americano de 2009", indicou uma porta-voz da Câmara em um comunicado.

"Este plano é o primeiro passo essencial de uma ação coordenada para criar e salvar entre 3 e 4 milhões de empregos, estimular nossa economia e lançar o processo para garantir sua mutação no século XXI", segundo a mesma fonte.

O plano de retomada vai se decompor em "US$ 275 bilhões de reduções de impostos e US$ 550 bilhões nos investimentos prioritários programados e cuidadosamente centralizados, com medidas de responsabilidade sem precedentes incluídas neste plano, continuou a Câmara.

Esta lei deve ser aprovada sem dificuldade pela câmara baixa no Congresso, onde o partido democrata dispõe de ampla maioria.

O Senado deve ainda propor nesta quinta-feira seu próprio texto sobre o mesmo tema e o Congresso, discutir em seguida o texto final.

Leia mais sobre crise financeira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.