Tamanho do texto

O núcleo das encomendas de maquinário no Japão recuou 3,3% em abril, em relação ao mês anterior, na esteira de uma queda na demanda por parte das indústrias, informou hoje o Gabinete de Governo

selo

O núcleo das encomendas de maquinário no Japão recuou 3,3% em abril, em relação ao mês anterior, na esteira de uma queda na demanda por parte das indústrias, informou hoje o Gabinete de Governo. O resultado contrariou as previsões dos economistas, que esperavam alta de 1,2% nas encomendas. Em março, o indicador subiu 1% - alta revisada ante o aumento de 2,9% informado anteriormente.

Sem o ajuste por fatores sazonais, as encomendas de máquinas tiveram queda de 0,2% em relação ao ano anterior. O governo disse que as encomendas das indústrias de manufatura caíram 2,4% em relação ao mês anterior, enquanto as do setor não industrial aumentaram 2,9%.

Entre as indústrias, grande parte do recuo veio das encomendas de maquinário geral, que inclui o relacionado à construção civil, com queda de 15%. Os pedidos de maquinário eletrônico, que inclui a tecnologia nuclear, diminuíram 17,2%. Embora o resultado seja uma surpresa, alguns economistas observaram que a queda foi em grande parte uma reação aos aumentos dos últimos meses e não necessariamente representa uma tendência. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.