Tamanho do texto

SÃO PAULO - Na passagem de maio para junho, as novas encomendas à indústria na zona do euro caíram 0,3%. Na União Européia, o decréscimo foi de 0,1%. No quinto mês deste ano, porém, os recuos foram mais acentuados, de 5,4% em cada uma das regiões.

Excluindo os pedidos dos setores naval, ferroviário e aeroespacial, houve elevação de 0,6% nas encomendas na zona do euro e de 1,8% no bloco europeu.

Em junho ante igual período do ano passado, os novos pedidos diminuíram 7,4% na zona do euro e 6,6% na União Européia.

As informações foram divulgadas nesta sexta-feira pela agência oficial de estatísticas Eurostat.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.