Tamanho do texto

As encomendas à indústria dos Estados Unidos caíram 1,2% em abril ante março, para US$ 440,37 bilhões, informou hoje o Departamento do Comércio

selo

As encomendas à indústria dos Estados Unidos caíram 1,2% em abril ante março, para US$ 440,37 bilhões, informou hoje o Departamento do Comércio. Economistas esperavam uma queda de 1,0% no período. O recuo de abril foi o mais forte em quase um ano e o segundo nos últimos três meses. O dado de março foi revisado para mostrar aumento de 3,8% nas encomendas, ante os 3,0% calculados inicialmente.

Excluindo transportes, as encomendas à indústria dos EUA caíram 0,2% em abril, depois de recuarem 2,9% em março. O setor de transportes foi o que registrou a maior queda nas encomendas, de 9,3%. A pesquisa mostrou que um indicador dos investimentos das empresas em equipamentos foi menor em abril. As encomendas de bens de capital não ligados à defesa excluindo aeronaves caíram 2,3%.

Já as encomendas de bens duráveis diminuíram 3,6%, depois de subirem 4,6% em março. As encomendas de bens de capital ligados à defesa recuaram 1,6%. A demanda por todos os bens de capital não ligados à defesa despencou 7,1%. Excluindo encomendas de defesa, as encomendas à indústria geral caíram 1,2% - pela primeira vez em oito meses -, depois de subirem 3,6% em março.

A pesquisa também mostrou que os embarques da indústria diminuíram 0,2%. As encomendas não atendidas, um sinal de demanda futura, subiram 0,3%. Os estoques aumentaram 1,3%. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.