Tamanho do texto

SÃO PAULO - O lucro líquido da Whirlpool caiu para US$ 79 milhões, ou US$ 1,02 por ação, no terceiro trimestre de 2010, ante os US$ 87 milhões, ou US$ 1,15 o papel, de um ano antes

SÃO PAULO - O lucro líquido da Whirlpool caiu para US$ 79 milhões, ou US$ 1,02 por ação, no terceiro trimestre de 2010, ante os US$ 87 milhões, ou US$ 1,15 o papel, de um ano antes. Ajustado, o lucro por ação saiu de US$ 1,67 para US$ 2,22. As vendas subiram 0,5% e atingiram US$ 4,5 bilhões. "Como esperado, enfrentandos um ambiente desafiador durante o trimestre, que resultou em significativo abrandamento no ritmo de alta das vendas em comparação com o primeiro semestre do ano", avaliou o executivo-chefe da fabricante americana de refrigeradores, máquinas de lavar pratos e fogões, Jeff M. Fettig. "Nosso foco na redução de custos, na produtividade e no lançamento de produtos inovadores permite nossa adaptação às mudanças no cenário macroeconômico", acrescentou. Olhando para a divisão América Latina, as vendas líquidas somaram US$ 1,1 bilhão no trimestre, alta de 13% perante um ano antes. Excluindo a variação do câmbio, as vendas cresceram 9%. O lucro operacional ficou em US$ 143 milhões, superando os US$ 93 milhões de mesmos três meses de 2009. A companhia espera que os embarques de eletrodomésticos do Brasil aumentem cerca de 10% em 2010. (Juliana Cardoso | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.