Tamanho do texto

Maior fabricante de relógios do mundo registrou demanda forte por relógios e joias, particularmente em emergentes como China

A Swatch, maior fabricante de relógios do mundo, anunciou nesta terça-feira que registrou vendas recordes de 7,14 bilhões de francos-suíços (US$ 7,5 bilhões) em 2011, resultado de uma demanda forte por relógios e joias, particularmente em países emergentes como a China.

A empresa alertou que poderia enfrentar 'um grande desafio' em 2012 ao tentar aumentar as vendas, que saltaram quase 11% no ano passado, dos 6,44 bilhões de francos-suíços em 2010.

As vendas poderiam ter sido ainda maiores caso não houvesse ocorrido a 'catastrófica' - conforme a companhia define - valorização da moeda suíça, o que reduziu as vendas em 696 milhões de francos. A maioria de seus produtos é vendida no exterior em dólares e euros, e é afetada por flutuação cambial.
A companhia conseguiu ampliar seu portfólio recentemente, e ganhou um grande impulso na Ásia, apesar da competição de companhias locais.

A Swatch também está tentando se livrar de uma exigência das autoridades de competição suíças para vender componentes como engrenagens, molas e rodas para seus concorrentes menores.

No ano passado, a companhia conseguiu obter permissão da comissão concorrencial suíça para reduzir para 15% o fornecimento dessas peças mecânicas aos adversários em comparação com 2010. A empresa espera reduzir ainda mais esse percentual no ano que vem, até eliminar por completo essa exigência.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.