Tamanho do texto

TÓQUIO - Aproveitando a Copa do Mundo, a Sony começará a vender seus primeiros televisores 3D em junho, no Japão, onde serão comercializados pelo menos oito modelos com telas entre 40 e 60 polegadas, informou nesta terça-feira a companhia.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237561588931&_c_=MiGComponente_C

Uma porta-voz da empresa confirmou à agência Efe que os primeiros televisores, de 40 e 46 polegadas, começarão a ser vendidos no dia 10 de junho, véspera da partida de abertura da Copa do Mundo da África do Sul, que terá alguns jogos transmitidos em 3D pela própria Sony.

No dia 16 de julho chegarão às lojas os televisores 3D de 52 e 60 polegadas da mesma série, que recebeu o nome "Bravia".

O preço do modelo de 40 polegadas será de aproximadamente 290 mil ienes (2.370 euros), enquanto o do de 46 será de cerca de 350 mil ienes (2.860 euros). O aparelho de 52 polegadas custará por volta de 430 mil ienes (3.500 euros), e os de 60 serão vendidos por um valor aproximado de 580 mil ienes (4.740 euros).

Cada aparelho incluirá dois óculos para ver as imagens tridimensionais, segundo a companhia, que acrescentou que o televisor permitirá, além disso, realçar algumas imagens e criar a impressão de profundidade, mesmo que não sejam gravadas em formato 3D.

O lançamento dos aparelhos de televisão 3D da Sony acontece em meio a uma intensa concorrência com sua rival Panasonic, que prevê lançar seu primeiro televisor tridimensional no Japão em abril.

Leia mais sobre: tecnologia

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.