Tamanho do texto

Grupo chinês compra 40% da Repsol Brasil por US$ 7,1 bilhões; operação cria uma das maiores empresas privadas de energia da AL

O grupo chinês de refino Sinopec vai comprar 40% das operações brasileiras da espanhola Repsol por US$ 7,1 bilhões, fortalecendo a presença chinesa na América Latina.

Repsol Brasil: Recurso para explorar pré-sal
Divulgação
Repsol Brasil: Recurso para explorar pré-sal
O acordo, que prevê um aumento de capital da Repsol no Brasil, vai financiar o desenvolvimento das reservas da companhia no país, que se tornou um dos mais importantes mercados petrolíferos do mundo desde a descobertas de enormes depósitos de hidrocarbonetos na camada pré-sal.

A Sinopec vai subscrever completamente um aumento de capital de US$ 7,1 bilhões da Repsol no Brasil para criar uma das maiores companhias privadas de energia da América Latina.

As ações da Repsol disparavam 6% às 6h50 (horário de Brasília). O grupo espanhol de construção Sacyr-Vallehermoso, que detém cerca de 20% da Repsol, saltava 13%.

"A avaliação dos ativos da Repsol no Brasil implica que o acordo está claramente acima do nosso atual cálculo de valor (US$ 5,75 bilhões) e do consenso do mercado, que varia entre US$ 6 bilhões e US$ 8 bilhões", disse Filipe Rosa, analista da corretora Espírito Santo.

A Sinopec informou que a companhia está projetando uma produção de 200 mil barris por dia de óleo equivalente da maioria dos blocos marítimos da parceria.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.