Tamanho do texto

Além da fábrica de fertilizantes prevista em Mato Grosso do Sul com investimentos de cerca de US$ 1 bilhão, o governo russo estuda outros projetos em parceria com o Brasil

selo

Além da fábrica de fertilizantes prevista em Mato Grosso do Sul com investimentos de cerca de US$ 1 bilhão, o governo russo estuda outros projetos em parceria com o Brasil. Segundo o vice-presidente do Vnesheconmbank, banco estatal russo de cooperação para o desenvolvimento econômico e dos negócios estrangeiros, e presidente da seção russa do Conselho Empresarial Brasil-Rússia, Sergey Vasilyev, a Rússia ofereceu à Embraer a utilização de uma área industrial para implantar uma linha de produção da companhia no país para a fabricação de aeronaves. Esse complexo se localiza na cidade de Ulianovsk, a 400 quilômetros de Moscou. "As negociações com a Embraer estão em andamento. A Rússia tem muita demanda por aeronaves, principalmente jatos executivos. Além de vender para a própria Rússia, a empresa poderá comercializar suas aeronaves aos países próximos, como Polônia, por exemplo", afirmou o executivo a jornalistas na reunião do Conselho Empresarial Brasil-Rússia, realizado hoje em São Paulo. Vasilyev ainda informou que o governo russo também quer construir uma fábrica de automóveis no Brasil. Entretanto, o executivo não concedeu detalhes do projeto, como fabricantes, prazos e investimentos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.