Tamanho do texto

Medida visa atender a forte demanda de matérias-primas siderúrgicas

selo

A mineradora Rio Tinto afirmou que investirá US$ 676 milhões para acelerar o ritmo de expansão na região de Pilbara, na Austrália, rica em minério de ferro. Segundo a companhia, a medida visa atender a forte demanda de matérias-primas siderúrgicas. No ano passado, a companhia havia anunciado trabalhos para expansão de suas operações de minério de ferro para impulsionar a capacidade de produção em 50%, para 33 milhões de toneladas, em cinco anos.

A Rio Tinto agora espera atingir essa meta no primeiro semestre de 2015, seis meses antes do prazo previsto anteriormente. As exportações de minério de ferro da Austrália deverão totalizar 425 milhões de toneladas neste ano, uma alta de 5,5% em comparação com o ano passado, reforçando a posição do país como principal exportador da commodity (matéria-prima), de acordo com dados do Escritório de Agricultura e Recursos Econômicos e Ciências do governo australiano.

A Rio Tinto anunciou que gastará US$ 676 milhões em trabalhos de engenharia para componentes de infraestrutura portuária e ferroviária que necessita, e não aumentará o custo geral de sua expansão. A mineradora afirmou que sua capacidade de produção foi de 225 milhões de toneladas até o fim de março, à medida que eliminou gargalos no porto de Dampier. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.