Tamanho do texto

Porém, pesquisa da Business Roundtable ainda mostra expectativa de aumento nas vendas e nos investimentos nos próximos seis meses

A maioria dos presidentes de grandes companhias dos Estados Unidos espera aumento nas vendas e nos investimentos nos próximos seis meses, embora o otimismo quanto às condições econômicas e às expectativas de crescimento esteja mais brando do que há três meses.

Uma pesquisa feita pela Business Roundtable, associação composta por presidentes-executivos norte-americanos, revelou que 51% de seus membros esperavam aumento em postos de trabalho no segundo semestre, enquanto 61% esperavam alta nos investimentos. Ambos os resultados apresentaram ligeiro recuo em relação ao trimestre anterior.

Em geral, o índice das previsões econômicas dos executivos caiu de uma máxima de 113 pontos no primeiro trimestre para 109,9 pontos. O índice ficou negativo no primeiro trimestre de 2009, mas se recuperou nos trimestres seguintes e, por fim, ultrapassou seu patamar máximo, atingido em 2005, mais cedo este ano.

As expectativas de crescimento da economia também recuaram na última pesquisa. Agora, os executivos esperam que a economia dos EUA cresça 2,8% neste ano, queda em relação à previsão de 2,9% três meses atrás.

A confiança em relação aos investimentos pode sinalizar contratações mais robustas no futuro, afirmou o executivo-chefe da Verizon, Ivan Seidenberg, presidente do Conselho da Roundtable.

"(Grandes empresas) mostraram uma perspectiva constante sobre contratações nos últimos seis ou sete meses. Mas na economia em geral, olhando para pequenas e médias empresas, não vimos muitas adições de postos de trabalho", disse Seidenberg.

O presidente dos EUA, Barack Obama, se comprometeu, na segunda-feira, a atuar em busca do incentivo a contratações com base nas ideias de um painel de importantes executivos liderado pelo presidente-executivo da General Electric, Jeffrey Immelt.

O conselho propôs medidas que incluem a redução da burocracia e mais investimentos em eficiência energética.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.