Tamanho do texto

Maior fabricante do mundo de motores de avião e turbinas elétricas planeja mudar tendência de terceirizar operações

A General Electric continuará focada em aumentar os dividendos e as margens durante o que o presidente-executivo Jeff Immelt espera ser um longo período de instabilidade econômica.

"Vivemos em um mundo em que a maioria dos analistas considera volátil. Eu diria que quando o cenário é continuadamente instável não é mais volátil. Entramos em uma nova era econômica", disse o presidente do maior conglomerado dos Estados Unidos na carta anual aos acionistas. "Deve continuar assim por um longo tempo", previu.

Diante de tal perspectiva, a maior fabricante do mundo de motores de avião e turbinas elétricas planeja cortar os custos e mudar a tendência de terceirizar as operações de fabricação para administrar as próprias unidades com maior eficiência.

A GE se foca em aumentar o dividendo trimestral, atualmente de US$ 0,17 por ação, e espera ter cerca de US$ 30 bilhões em caixa para cumprir esse objetivo e ter uma proteção contra choques econômicos, nos próximos anos, disse Immelt, à frente da companhia desde 2001.

As ações da GE perderam 3% em 2011, enquanto o SP 500 index fechou o ano estável.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.