Tamanho do texto

A Fibria, maior fabricante mundial de celulose de eucalipto, anunciou um novo aumento no preço da matéria-prima para abril. O reajuste será de US$ 50 por tonelada para todas as regiões.

Com o reajuste, o preço da celulose subirá para US$ 870 por tonelada na América do Norte, US$ 840 na Europa e US$ 800 na Ásia. Analistas esperam que outros produtores também sigam o aumento de preços.

Com o aumento, o quarto neste ano, o preço da celulose no mercado internacional vai superar o pico do período pré-crise de abril de 2008. Nos últimos 12 meses, o preço da celulose aumentou 28% nos EUA, 45% na Europa e 58% na China.

A greve dos produtores da Finlândia e a paralisação das fábricas de celulose do Chile, por causa do terremoto, ajudaram a aumentar os preços.  A Fibria é resultado da compra da Aracruz pela Votorantim Celulose e Papel.

Leia mais sobre: celulose

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.