Tamanho do texto

A empresa recebeu a permissão para explorar hidrocarbonetos no Bloco 2, na Bacia de Raukumara, na Nova Zelândia

A Petrobras informou nesta terça-feira que adquiriu, por meio de sua subsidiária Petrobras International Braspetro, os direitos do Bloco 2 localizado na bacia de Raukumara, no mar da Nova Zelândia.

De acordo com comunicado enviado ao mercado, o bloco foi ofertado em licitação pública promovida pelo governo neozelandês e realizada em janeiro deste ano.

Nesta terça-feira, a Petrobras e o governo da Nova Zelândia formalizaram o acordo e a estatal recebeu a permissão para exploração de hidrocarbonetos no local.

O programa mínimo de trabalho, obrigação assumida pela Petrobras, está dividido em três etapas: realização de 3 mil quilômetros de sísmica 2D; realização de 800 km2 de sísmica 3D;e realização de 1 poço exploratório.

"Ao término de cada etapa, a Petrobras tem o direito de avaliar a continuidade do programa exploratório proposto, bem como sua permanência no negócio", disse o comunicado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.