Tamanho do texto

SÃO PAULO - A OGX, empresa de petróleo e gás do grupo EBX, de Eike Batista, acusou nova presença de hidrocarbonetos na Bacia de Campos, desta vez no poço OGX-21D

. De acordo com a companhia, a perfuração da seção foi interrompida temporariamente para a coleta de elementos que permitirão estudos mais aprofundados sobre o reservatório. "Até o momento, foi identificada uma coluna de hidrocarbonetos de aproximadamente 21 metros e net pay em torno de 14 metros em reservatórios carbonáticos da seção albiana, que correspondem aos mesmos descobertos pelo pioneiro OGX-3", disse a empresa, em comunicado. O poço OGX-21D foi descoberto a partir de perfurações do poço OGX-3 e está localizado no bloco BM-C-41, no qual a OGX detém 100% de participação. (Ana Luísa Westphalen | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.