Tamanho do texto

Cortes atingirão 23% do elenco total da companhia; empresa quer cortar 1 bilhão de euros em custos operacionais

A companhia de redes de telefonia celular Nokia Siemens Networks (NSN) anunciou nesta quarta-feira um amplo programa de reestruturação que representará a demissão de 17 mil funcionários no mundo todo, 23% do elenco total.

Leia mais : Nokia Siemens adia aquisição de unidade da Motorola

Com este programa, a companhia pretende reduzir seus atuais custos operacionais em 1 bilhão de euros anuais antes do fim de 2013. "Os cortes são lamentáveis, mas necessários, e nossa intenção é realizá-los de maneira justa e responsável, dando todo apoio aos colaboradores e às comunidades", assinalou em comunicado o executivo-chefe da NSN, Rajeev Suri.