Tamanho do texto

Empresas foram rebaixadas para Baa1 e A2, agência alega que companhias não conseguem conservar as margens de lucro

A agência de classificação financeira Moody's rebaixou as notas dos gigantes da indústria eletrônica japonesa Sony e Panasonic, dando às duas companhias uma perspectiva negativa. Esta agência diminuiu a nota da dívida da Sony de A3 para Baa1, alegando lucros "fracos e voláteis".

A Sony teve a sua nota rebaixada devido às dificuldades do grupo para conservar margens de lucro em um setor hipercompetitivo e apesar das diferentes medidas tomadas recentemente para reduzir seus custos fixos.

Quanto à Panasonic, a Moody's diminuiu sua nota de A1 a A2, afirmando que seus analistas temiam "que continuasse o enfraquecimento do perfil" desta empresa e devido à escassa rentabilidade de suas atividades de TV e semicondutores em um mercado com muita concorrência.

A Moody's continuará vigiando os esforços da Panasonic para melhorar sua situação, mas sua nota de crédito pode ser rebaixada novamente a curto prazo, adverte a agência.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas