Tamanho do texto

A rede de lanchonetes americana McDonalds está se tornando verde - trocando o tradicional vermelho de seu logotipo por um verde escuro - para buscar uma imagem mais ambientalmente amigável na Europa. Cerca de 100 lanchonetes da rede na Alemanha vão fazer essa mudança até o final do ano, de acordo com a companhia.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237574041336&_c_=MiGComponente_C

Algumas franquias na França e na Grã-Bretanha também já começaram a usar a nova cor no logotipo. "Essa não é uma iniciativa alemã, mas de toda a Europa", disse Martin Nowicki, porta-voz da rede na Alemanha.

A rede, sediada em Oak Brook, no Estado de Illinois, nos EUA, conta com mais de 32 mil lanchonetes em 118 países, e vem sendo há um bom tempo alvo de ativistas ambientais, acusada de "inimiga" do meio ambiente. Por causa disso, a companhia vem tentando adotar práticas mais "verdes", o que inclui a conversão do óleo usado nos restaurantes em biodiesel.

"Com essa nova aparência, nós queremos deixar clara nossa responsabilidade na preservação dos recursos naturais. No futuro, colocaremos um foco ainda maior nisso", disse, em comunicado, Hoger Beek, vice-presidente do conselho de administração da companhia na Alemanha.

Mas os ativistas ambientais não ficaram muito convencidos com a mudança de cor no logotipo. Clare Oxborrow, do grupo Friends of the Earth (Amigos da Terra), disse que a empresa continua usando carne de animais criados em florestas devastadas. A empresa disse, porém, que toma cuidados para que isso não aconteça.

Leia mais sobre: sustentabilidade

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.