Tamanho do texto

"É por isso que identificamos uma explosão no desenvolvimento de novos produtos", diz vice-presidente de mercados da Ernst & Young

A maior parte das empresas apostou em inovação para tentar minimizar os efeitos da crise econômica global nos últimos três anos. Segundo pesquisa mundial da Ernst & Young Terco, 87% das companhias ampliaram seu portfólio de produtos.

"É interessante identificar o quanto as companhias bem-sucedidas expandiram sua oferta de produtos nos últimos anos e como isso foi importante para fazê-las superar crise mundial. É por isso que identificamos uma explosão no desenvolvimento de novos produtos", afirmou Mauro Terepins, vice-presidente de mercados da Ernst & Young. O tempo para os lançamentos também foi acelerado.

De acordo com o estudo, 72% dos executivos afirmam que, hoje, são mais rápidos no desenvolvimento de novos produtos do que há três anos. A pesquisa aponta que, atualmente, 75% das vendas são geradas por produtos que não foram concebidos para os mercados de rápida expansão. "Entretanto, essa tendência está destinada a mudar, com as empresas mais e mais dedicadas a investir em pesquisa e desenvolvimento de produtos específicos para mercados emergentes", afirma a consultoria.

O levantamento indica ainda que Índia e China dominaram o foco em vendas das companhias globais de alta performance, com 47% apontando Nova Déli como o mercado mais importante e 44% mencionando Pequim.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.