Tamanho do texto

Em 2011, ganhos líquidos da empresa recuaram 27,5% e vendas líquidas aumentaram 5,6%

A Johnson & Johnson, fabricante de medicamentos e itens de higiene, somou lucro líquido de US$ 218 milhões de outubro a dezembro de 2011, em um recuo de 88,8% com relação ao US$ 1,94 bilhão do mesmo período do ano anterior. O ganho diluído por ação caiu de US$ 0,70 para US$ 0,08.

De acordo com a empresa, houve despesas com resolução de litígios, a aquisição da Synthes e programas de recall. Excluindo esses custos, o lucro líquido seria de US$ 3,1 bilhões, segundo o relatório de resultados. A receita da empresa somou US$ 16,26 bilhões, em um avanço de 3,9%, na mesma base de comparação. Enquanto as vendas domésticas encolheram 3,4%, as internacionais cresceram 10,2%.

Para todo o ano de 2011, o lucro líquido da J&J recuou 27,5%, para US$ 9,67 bilhões, e as vendas líquidas cresceram 5,6%, para US$ 65,03 bilhões. As vendas domésticas também recuaram, 1,8%, enquanto as internacionais subiram 12,4%.

As vendas de bens de consumo somaram US$ 14,88 bilhões, em um crescimento de 2%, com avanço principalmente em produtos para a pele. Para o segmento farmacêutico houve um crescimento de 8,8%, impactado negativamente pela competição dos genéricos nos EUA e positivamente por lançamentos, segundo a empresa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.