Tamanho do texto

No seu terceiro trimestre fiscal, companhoa de alimentos registrou queda de 0,15% nos seus ganhos antes o visto em 2010

selo

A companhia norte-americana de alimentos General Mills registrou lucro de US$ 391,5 milhões (US$ 0,58 por ação) em seu terceiro trimestre fiscal, encerrado em 26 de fevereiro, uma queda de 0,15% ante o lucro de US$ 392,1 milhões (US$ 0,59 por ação) verificado no mesmo período do ano anterior. Não considerando custos de aquisição e outros itens, o lucro caiu de US$ 0,56 por ação para US$ 55 por ação.

Em fevereiro, a empresa estimou que o lucro ficaria entre US$ 0,54 e US$ 0,56 por ação. A receita líquida aumentou 13% para US$ 4,12 bilhões, com a aquisição da marca de iogurte Yoplait. Analistas esperavam um faturamento de US$ 4,07 bilhões, de acordo com uma pesquisa da Thomson Reuters.

A margem bruta caiu de 39,2% para 36,6%, refletindo maiores gastos com insumos, além de outros fatores. As vendas do segmento internacional cresceram 51%, para US$ 1,04 bilhão, resultando em um aumento de 40% no lucro operacional.

A General Mills espera que a forte queda nos volumes que as empresas de alimentos vêm enfrentando recentemente fique mais moderada nos próximos meses, à medida que os consumidores se acostumam com os preços mais altos.

A combinação de volumes mais estáveis, preços mais altos e resultados sólidos fora dos EUA deve garantir um forte crescimento nas vendas no quarto trimestre. Custos mais altos, porém, devem reduzir as margens, mas não tanto quanto no terceiro trimestre, segundo a empresa. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.