Tamanho do texto

Companhia que abriu concordata em janeiro vendeu o Kodak Gallery à Shutterfly por R$ 40,8 milhões

Kodak vende seu sistema online de fotos
Getty Images
Kodak vende seu sistema online de fotos
A Eastman Kodak aceitou vender seu negócio online de serviço de fotos à Shutterfly por US$ 23,8 milhões, o que dá início à recuperação como uma companhia muito mais enxuta, apesar de ainda estar longe de fechar uma venda de patentes crucial para a reviravolta.

Leia também:
Kodak quebra, mas deixa legado do bem

Kodak vai parar de produzir câmeras digitais

A companhia, que pediu concordata em janeiro , deve levantar entre US$ 1 bilhão e US$ 2 bilhões com a venda de aproximadamente 1,1 mil patentes digitais. Uma fonte familiarizada com a venda de patentes disse que o processo está caminhando, mas ressaltou que a conclusão não deve sair tão cedo.

A Shutterfly vai transferir as contas e imagens do Kodak Gallery nos Estados Unidos e Canadá para o próprio site e dará aos usuários a possibilidade de não fazerem parte deste processo caso não queiram a transferência das fotos.

O Kodak Gallery, que permite aos usuários armazenar e compartilhar imagens e criar livros de foto, cartões e álbuns, tem mais de 75 milhões de usuários.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.