Tamanho do texto

Mineradora, que discute cobrança de R$ 26,7 bi em tributos, informa que vai oferecer bens em garantias no valor de R$ 1,6 bi

A

Mina de ferro da Vale
AE
Mina de ferro da Vale
Vale informou há pouco que vai contestar a cobrança de tributos pela Receita Federal envolvendo a  incidência de contribuição social sobre o lucro líquido (CSLL) e imposto de renda sobre os lucros de controladas e coligadas no exterior. Em comunicado, a companhia informa ter recebido a cobrança, mas que "apresentará os recursos cabíveis e oferecerá bens em garantia no valor de R$ 1,6 bilhão para discussão dos débitos no Judiciário".

A empresa questiona na Justiça o pagamento num total de R$ 26,7 bilhões em Imposto de Renda (IR) e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) aplicados sobre o ganho de controladas fora do País. Em janeiro, a empresa sofreu decisões desfavoráveis na esfera administrativa, envolvendo a cobrança de R$ 9,8 bilhões desses tributos .

"A Vale adotará todas as medidas para assegurar seu direito de defesa e contestará esta cobrança que considera indevida", informa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.