Tamanho do texto

Oitavo poço perfurado reforça projeções de reservas de 5 bilhões a 8 bilhões de barris

A Petrobras informou na quarta-feira que o oitavo poço perfurado na área de Tupi reforça as projeções para um volume de reservas de 5 a 8 bilhões de barris recuperáveis e para a obtenção de um óleo mais leve que o normalmente produzido em outras regiões brasileiras.

O novo poço na área de avaliação de Tupi, informalmente conhecido como Iracema Norte, está em lâmina d'água de 2.247 metros, a cerca de 240 quilômetros da costa do Estado do Rio de Janeiro e seis quilômetros à nordeste do poço Iracema (4-RJS-647).

"O poço 3-RJS-675A, perfurado em posição estrutural mais baixa que o poço 4-RJS-647, confirmou a profundidade do contato óleo/água e comprovou... a descoberta de petróleo leve com as mesmas características do poço Iracema, com densidade de cerca de 29 graus API", disse a Petrobras em comunicado ao mercado.

"As informações obtidas no poço e nos demais já perfurados na área reforçam as estimativas do potencial de 5 a 8 bilhões de barris de óleo leve e gás natural recuperável nos reservatórios do pré-sal da área de Tupi", acrescentou.

O consórcio que opera a área é formado pela BG Group (25 por cento) e Galp Energia (10 por cento), além da operadora Petrobras, que tem 65 por cento.

A declaração de comercialidade está prevista para dezembro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.