Tamanho do texto

Fatia será vendida em troca de financiamentos para poços de exploração; acordo ainda precisa do aval da ANP

selo

A unidade brasileira de petroleira francesa Perenco informou hoje que vai vender uma participação de 10% em cinco blocos offshore na Bacia do Espírito Santo para a estatal chinesa Sinochem Group. A fatia será vendida em troca de financiamentos para poços de exploração, sujeitos a determinadas condições, segundo divulgado no site da Perenco.

O acordo também depende da aprovação da Agência Nacional do Petróleo (ANP). A Perenco vai manter uma participação de 40% nos blocos, além de continuar como operadora, e a OGX Petróleo e Participações detém os 50% restantes. O acordo amplia a crescente presença das empresas chinesas no Brasil, especialmente na exploração de petróleo e gás natural offshore, enquanto o país asiático procura matérias-primas para abastecer sua expansão econômica.

Leia mais : Petrolífera Perenco desiste de lançar ações no Brasil por crise do mercado

Anteriormente, a Sinochem já tinha adquirido uma fatia de 40% no campo Peregrino, da norueguesa Statoil ASA, por US$ 3,07 bilhões. Recentemente, a Sinopec pagou US$ 5,19 bilhões por uma participação de 30% na unidade brasileira da portuguesa Galp Energia, além de comprar uma fatia de 40% no braço brasileiro da espanhola Repsol YPF, por US$ 7 bilhões.

A transação anunciada hoje vai permitir que a Perenco continue seu programa de exploração no Brasil, após a companhia ter sido forçada a cancelar uma oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) na Bovespa, no ano passado. O IPO, estimado em US$ 511 milhões, foi cancelado após as condições do mercado se deteriorarem, em meio à crise da dívida na zona do euro. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas