Tamanho do texto

Valor do negócio não foi revelado

selo

A LLX Logística, empresa do grupo de Eike Batista, assinou com a Companhia de Desenvolvimento Industrial do Estado do Rio de Janeiro (Codin) e o governo do Estado do Rio de Janeiro documento de promessa de compra relativa a parte dos imóveis do Distrito Industrial de São João da Barra, contíguo ao projeto do "Superporto do Açu". São 4,1 mil hectares de áreas dentro do complexo industrial.

Com essa aquisição, a LLX passará a ser proprietária de sete mil hectares de um total de nove mil para a instalação de áreas industriais e comerciais. Conforme comunicado divulgado pela empresa, outros 5,7 mil hectares serão transformados em unidade de preservação ambiental. O valor do investimento não foi revelado.

"A LLX e suas subsidiárias pagarão pela promessa de compra e venda valores definidos em avaliações independentes conduzidas pela Codin, sendo que tais valores estão devidamente contemplados no respectivo orçamento de investimentos da LLX Açu Operações Portuárias", registrou a empresa, em comunicado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.