Tamanho do texto

Empresa de Eike Batista e Ferrovia Centro-Atlântica analisam viabilidade de construir linha para ligar Superporto do Açu à Ambaí

A LLX, braço de logística do grupo EBX, comandado pelo empresário Eike Batista, e a Ferrovia Centro-Atlântica (FCA) vão estudar a viabilidade da construção de uma ferrovia que poderá ligar o Superporto do Açu à região de Ambaí, no município de Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro.

Conforme comunicado da LLX, um memorando de entendimentos não vinculante, que prevê a realização de estudos técnicos sobre o assunto, foi assinado ontem à noite.

A companhia, que é responsável pelo projeto do porto do Açu, informa ainda que a ferrovia em estudo possibilitará a integração do Superporto à malha ferroviária nacional, "permitindo o transporte de diversos produtos como, por exemplo, minério de ferro, produtos siderúrgicos, carvão, carga geral além de granéis sólidos e líquidos."

Em nota, Eike Batista afirma que a parceria demonstra "visão estratégica para construir um Brasil mais eficiente, criando alternativas competitivas para a infraestrutura logística brasileira."

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.