Tamanho do texto

No ano passado, a companhia investiu R$ 2 bilhões

Furnas pretende investir R$ 2,5 bilhões neste ano e outros R$ 3 bilhões em 2012, dos quais 60% serão aplicados no setor de geração de energia e outros 40% em transmissão. No ano passado, a companhia investiu R$ 2 bilhões.

Os valores foram informados pelo presidente da companhia, Flavio Decat, que inclui nesta soma os desembolsos com a linha de transmissão das usinas do Madeira e o eventual aporte em obras do linhão de Belo Monte.

Dos investimentos previstos para 2011, R$ 900 milhões serão aplicados em empresas nas quais Furnas tem participação e outros R$ 1,5 bilhão em obras próprias da subsidiária da Eletrobras. Decat confirmou que Furnas tem interesse em participar do leilão da transmissão de Belo Monte, que o governo espera realizar no primeiro semestre do ano que vem.

A usina deverá ser erguida no rio Xingu, no Pará, com previsão de entrar em operação até 2015. "Nossa ideia é entrar com 49% num consórcio e disputar no leilão a transmissão de Belo Monte", afirmou Decat, afirmando que conta com a capacidade do setor de engenharia da companhia. "É capaz de fazer projetos de menor custo com a mesma eficiência", acrescentou.

A empresa já participa do consórcio que constrói uma das linhas de transmissão das usinas de Jirau e Santo Antônio, que estão sendo construídas no rio Madeira, em Rondônia. Furnas tem 24,5% de participação no consórcio da transmissão, mesma fatia da Eletrobras. A sócia majoritária é a CTEEP, com 51%. A linha tem mais de 2 mil quilômetros de extensão e vai até a cidade paulista de Araraquara.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.