Tamanho do texto

Diretoria executiva da distribuidora será composta por profissionais que serão contratados por consultoria especializada

A Eletrobras vai adquirir o capital da distribuidora de energia Celg Distribuição após o governo estadual cancelar o registro de companhia aberta da Celgpar, controladora da estatal de energia de Goiás, informou a companhia federal de energia elétrica em comunicado nesta sexta-feira.

O fechamento do capital tem como objetivo promover a reorganização societária da Celg D, destacou, antes da estatal federal assumir 51% das ações ordinárias da companhia goiana.

Leia mais : Eletrobras deve ter interferência intensa na CEA

A Eletrobras ressaltou ainda que a diretoria executiva da distribuidora será composta por profissionais que serão contratados por consultoria especializada.

Além da Celg, a Eletrobras possui um braço de distribuição de energia, que reúne seis empresas localizadas nas regiões Norte e Nordeste, sobras do processo de privatização realizado em meados da década de 90. Com a Celg, a Eletrobras passa a gerir a sétima distribuidora, todas estaduais.

Veja também : Eletrobras e Cemig perdem corrida pela compra da EDP

Na quarta-feira, o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse que o governo está estudando a possibilidade da Eletrobras assumir o controle da CEA, distribuidora estadual do Amapa, no Norte do país.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.