Tamanho do texto

Distribuidora de energia do Estado do Pará, do qual a Eletrobras tem 34% do capital, está em processo de recuperação judicial

selo

O presidente da Eletrobras, José da Costa Carvalho Neto, disse hoje, ao sair do Ministério de Minas e Energia (MME), que a estatal ainda aguarda decisões do governo e da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) em relação à Celpa. A distribuidora de energia do Estado do Pará, do qual a Eletrobras tem aproximadamente 34% do capital, está em processo de recuperação judicial devido à enorme dívida e foi intimada pela Aneel por causa das constantes falhas na oferta do serviço. "Estamos aguardando decisão do ministério e da Aneel sobre a Celpa.

Ainda não fomos envolvidos", disse o executivo. Segundo Costa Neto, está sendo preparado um plano de negócios que vai atacar principalmente cinco problemas que a Eletrobras tem enfrentado na distribuição em todo o País, mas sobretudo na região Norte. "O primeiro dos problemas envolve as perdas não técnicas de energia, os chamados gatos", disse o executivo. Os demais problemas são a inadimplência, as altas multas e penalidades pagas, os custos operacionais e também a busca por tarifas mais justas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.