Tamanho do texto

Agência irá analisar ainda nesta terça-feira a saúde financeira da distribuidora de energia do Pará

selo

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) rejeitou hoje, por unanimidade, o pedido de revisão tarifária por parte da Celpa, distribuidora de energia do Pará.

Endividada, a Celpa pedia um reajuste de 26,69%, com efeito médio a ser percebido pelos consumidores de 20,14%. Com isso, a tarifa praticada pela companhia passaria a ser a quarta mais cara do País. Atualmente, é a 27ª mais pesada, ou seja, a última de todos os Estados do Brasil.

A Celpa alegava insuficiência financeira de R$ 857 milhões porque ativos da companhia teriam sido ignorados nos dois últimos ciclos de revisão tarifária.

A Aneel irá analisar ainda nesta sessão a saúde financeira da Celpa. A companhia, que entrou com um pedido de recuperação judicial na semana passada, tinha uma dívida total de cerca de R$ 2 bilhões em setembro de 2011.

Na semana passada, o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse que a intervenção federal na distribuidora, que pertence ao grupo Rede Energia, era "uma possibilidade", apesar de a companhia já ter sido privatizada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.