Tamanho do texto

Agência teve de abrir prazo para que consórcio vencedor de Viracopos possa apresentar argumentos contra grupos que o questiona

 A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) adiou de 4 de maio para 21 de maio a previsão de assinatura dos contratos de concessão dos aeroportos de Guarulhos (SP), Viracopos (SP) e Brasília (DF ) , conforme informação divulgada no site da agência nesta quinta-feira.

Leia também: Disputa judicial pelos aeroportos seria o pior cenário, dizem especialistas

O adiamento ocorreu porque a Anac teve de abrir prazo para apresentação de argumentos, por parte do consórcio vencedor do leilão de Viracopos , contra os dois recursos que questionaram o resultado do leilão do terminal.

Assim, a data de publicação do julgamento dos recursos, pela Anac, foi alterada de 16 de março para 30 de março, afetando em cadeia as outras datas do cronograma, como a assinatura da concessão. O leilão de Viracopos foi vencido pelo consórcio Aeroportos Brasil, formado pela Triunfo Participações, UTC Participações e pela francesa Egis Airport Operation.

Leia também: Grupo da Odebrecht questiona resultado do leilão de Viracopos

No dia 9 de março, porém, a Anac informou que dois recursos foram apresentados contra a licitação. Um deles veio do consórcio Novas Rotas, liderado pela Odebrecht Transport, que perdeu o leilão, e outro pela empresa ES Engenharia LTDA.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.