Tamanho do texto

Maior acionista da empresa busca os 4,14% restantes que ainda estão nas mãos do governo

A China Three Gorges, maior acionista da Energias de Portugal, quer comprar os 4,14% que o Estado português ainda detém na controladora da EDP Energias do Brasil, informou nesta quarta-feira a agência de notícias Lusa, citando um alto funcionário da CTG.

No fim do ano passado, o governo português chegou a acordo com a CTG para vender 21% na EDP por 2,7 bilhões de euros (US$ 3,53 bilhões), como condição para o resgate da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional.

"Sim, estamos interessados em comprar os 4,14%. Estamos estudando a questão e apresentaremos a proposta em breve", afirmou o presidente de conselho da CTG, Cao Guangjing, em Pequim, à Lusa.

"Assim como no ano passado, estou confiante", acrescentou o executivo, que planeja viajar a Portugal na segunda quinzena deste mês para se reunir com representantes do governo português.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.