Tamanho do texto

Conselho de Administração da empresa rejeita negociar novos contratos de 18 hidrelétricas

O Conselho de Administração da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) decidiu por assinar contrato com o Ministério das Minas e Energia para renovação, por 30 anos, da concessão para operação e manutenção dos ativos de transmissão de sua subsidiária Cemig Geração e Transmissão S.A. 

Conta de luz cairá 16,7%, abaixo do prometido pelo governo

Em comunicado ao mercado nesta terça-feira, a empresa informa ainda que o conselho rejeitou a renovação das concessões de 18 usinas hidrelétricas da Empresa, cujos contratos de concessão expiram nos próximos anos.

A Cemig anuncia também que convocará uma Assembleia Geral Extraordinária para que os acionistas possam referendar a decisão tomada pelo Conselho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.