Tamanho do texto

Rio de Janeiro será o primeiro Estado a fazer parte das medições da qualidade de banda larga móvel, a partir desta quinta-feira, através de 137 medidores distribuídos pelo Estado

As medições de qualidade da banda larga começam nesta quinta-feira e vão incluir tanto a aferição para Internet rápida fixa quanto para móvel, de acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

O Rio de Janeiro será o primeiro Estado a fazer parte das medições da qualidade de banda larga móvel, a partir desta quinta-feira, através de 137 medidores distribuídos pelo Estado, segundo a Anatel.

A autarquia ainda não concluiu o cronograma de implementação do projeto no restante do país --que vai medir a qualidade dos serviços de operadoras como Vivo, Claro, Tim, Oi, Algar (CTBC) e Sercomtel.

LeiaAcessos em banda larga têm crescimento de 58%

"Gradativamente, outros estados receberão os equipamentos; até junho de 2013, eles estarão em todo o Brasil", disse a Anatel em comunicado.

Já os serviços de banda larga fixa serão aferidos através de um equipamento medidor específico instalado nas conexões de usuários voluntários. As empresas avaliadas serão Oi, NET, Telefônica-Vivo, GVT, Algar (CTBC), Embratel, Sercomtel e Cabo Telecom.

"Até o início desta semana, haviam sido enviados medidores para voluntários selecionados em onze Unidades da Federação: Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Distrito Federal, Goiás, Pernambuco, Ceará, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná", segundo a nota.

VejaBrasil é o segundo país mais dinâmico no setor das telecomunicações, diz estudo

Os primeiros resultados estão previstos para dezembro.

O programa de medição da qualidade da banda larga, anunciado em agosto, é uma iniciativa da Anatel para estimular a concorrência e o investimento das operadoras na melhoria dos serviços.

Em julho, a agência suspendeu as vendas de novas linhas móveis de TIM, Oi e Claro em diversos Estados por 11 dias por alegações de má qualidade dos serviços prestados, e exigiu das operadoras um plano de ação para melhorias.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.