Tamanho do texto

Medida provisória, entre outras providencias, reduz as tarifas de energia tanto para consumidores residenciais quanto para industriais

Agência Estado

O presidente do Congresso Nacional, senador José Sarney, prorrogou por 60 dias a vigência da Medida Provisória 579, a MP do setor elétrico. O ato de prorrogação foi publicado nesta quarta-feira no Diário Oficial da União.

VejaMesmo no escuro, elétricas devem renovar concessões com o governo

Pela Constituição Federal, a vigência de medida provisória poderá ser prorrogada uma única vez, no prazo de 60 dias, contado de sua publicação, caso a MP não tenha a sua votação encerrada nas duas Casas legislativas. A MP 579 foi publicada no último dia 12 de setembro. A MP 579 dispõe sobre as concessões de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica e, entre outras providencias, reduz as tarifas de energia tanto para consumidores residenciais quanto para industriais.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.