Tamanho do texto

Empresas já iniciaram as obras de quatro dos dez parques e esperam iniciar os trabalhos dos restantes nos próximos meses

A espanhola Iberdrola e o grupo Neoenergia assinaram um acordo de financiamento de cerca de R$ 777 milhões com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Banco do Brasil para construir dez parques eólicos com uma potência de 288 megawatts. A Iberdrola informou que as instalações serão construídas no Rio Grande do Norte e na Bahia.

Veja maisBNDES aprova financiamento para cinco parques eólicos no Nordeste

O grupo espanhol venceu licitação promovida pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e o investimento faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). As empresas já iniciaram as obras de quatro dos parques e esperam iniciar os trabalhos dos restantes nos próximos meses. A Iberdrola frisou que a iniciativa criará 200 postos de trabalho e energia suficiente para abastecer 450 mil brasileiros.

O Neoenergia é um dos maiores grupos privados do setor elétrico brasileiro e tem atualmente como sócios a Previ (49%), o Banco do Brasil (12%) e a Iberdrola (39%). O grupo espanhol conta na atualidade com um parque eólico no Brasil, na cidade de Rio do Fogo, no Rio Grande do Norte, que tem uma potência de 59 MW. A Iberdrola, que também controla a distribuidora Elektro, considera o Brasil como um de seus principais mercados. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.