Tamanho do texto

Associação diz que o ano "praticamente não começou" para o setor

As vendas domésticas de materiais de construção recuaram 1,3% em fevereiro na comparação com o mesmo mês no ano passado, informou nesta quarta-feira a associação que representa o setor no país, Abramat.

Já em relação a janeiro deste ano, as vendas tiveram leve alta de 0,2%, enquanto nos 12 meses até fevereiro o setor acumulou crescimento de 2,2%.

A entidade manteve a estimativa de encerrar 2012 com aumento de 4,5% nas vendas do setor, após resultado bem abaixo do esperado em 2011, quando o aumento foi de 2,7%.

"O ano praticamente não começou para a indústria de materiais, mas o otimismo continua alto na expectativa de desempenho mais vigoroso na execução do (programa) 'Minha Casa, Minha Vida', do Programa de Aceleração do Crescimento e das obras relacionadas com Copa e Olimpíadas", afirmou o presidente da Abramat, Walter Cover. "Isso acarretará crescimento substancial para o setor", acrescentou.

O número de empregados na indústria de materiais cresceu 5,2% em fevereiro em relação ao mesmo mês em 2011. Ante janeiro, houve alta de 1,1%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.