Tamanho do texto

Corretora Brascan prevê que resultado será 4% inferior no terceiro trimestre por questões tributárias, já esperadas pela empresa

A fabricante de cosméticos Natura deve apresentar lucros menores no terceiro trimestre deste ano na comparação com o mesmo período de 2009. Segundo previsões da Brascan Corretora, o lucro líquido da companhia será de R$ 182,7 milhões, 4% inferior que o do terceiro trimestre de 2009. Naquele período, a empresa obteve ganhos de 190,2 milhões. Na comparação com o segundo trimestre do ano, o lucro deve cair 4,6%.

Segundo a corretora, as perdas, já esperadas pela Natura, devem ocorrer em decorrência do impactado pelo aumento da alíquota do imposto de renda, uma vez que o ágio referente à reorganização societária da companhia ocorrida em 2004 teve seu fim em 2009.

Já a receita líquida da Natura deve apresentar crescimento de 16% em relação ao terceiro trimestre de 2009, totalizando o montante de R$ 1,2 bilhão. Na comparação com o segundo trimestre do ano, o faturamento deve cair 4,7%. O resultado positivo da companhia deve refletir a boa aceitação dos novos produtos lançados pela fabricante de comésticos e pelo aumento do número de consultoras Natura.

De acordo com a Brascan, o terceiro trimestre deve apresentar ainda crescimento das despesas com campanhas de marketing, principalmente por conta da concorrência. Já as despesas de vendas e pessoal devem ser menores.

O lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Lajida) deverá ser de R$316,2 milhões, 16,3% superior ao registrado no terceiro trimestre em 2009, e ficar 4,7% menor em relação ao apresentado no segundo trimestre deste ano.

A Natura divulga nesta quarta-feira, após o encerramento do pregão da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), os resultados referentes ao terceiro trimestre do ano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.