Tamanho do texto

Embarcação faz de troca de carga, o que permitirá transferir minério de ferro para outros navios sem necessidade de um porto

A companhia mineradora Vale acabou de receber dos maiores estaleiros da China uma embarcação adaptada que permitirá o abastecimento de navios no mar, sem a necessidade de se chegar a um porto. O navio cargueiro ficará próximo a ilha de Luzon, nas Filipas. O jornal "South China Morning Post" divulgou nesta sexta-feira que o navio "Ore Fabrica", de 280.815 toneladas, foi adaptado pelos Estaleiros de Jiangsu Xinrong, na província de Jiangsu, ao norte de Xangai, que fazem parte da Corporação Estatal de Construção Naval da China, a maior produtora do país.

A embarcação foi transformada numa plataforma flutuante de troca de carga, o que permitirá transferir em pleno mar minério de ferro para outros navios sem necessidade de chegar a um porto. O custo total da obra foi de US$ 15 milhões para a Vale. O "Ore Fabrica" pertence à empresa Seamar Shipping, filial da companhia brasileira, e já partiu da base dos estaleiros chineses para a baía de Subic, no litoral da ilha de Luzon, nas Filipinas, onde deve chegar em 2 de fevereiro.

Nessa ilha, o "Ore Fabrica" se juntará a outros dois grandes navios de grandes proporções da mineradora, o "Vale China", de 400.606 toneladas, e o "Vale Brasil" de 402.347 toneladas. A Vale assinou um acordo em setembro com as autoridades locais filipinas para poder instalar na baía de Subic uma instalação flutuante para a transferência de cargas, que permitirá navios de menor porte entrarem na China. O "Ore Fabrica" tornará esse objetivo possível, depois que alguns portos chineses impediram a chegada dos navios da Vale de maior porte, alegando razões de segurança.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas