Tamanho do texto

Montadora já possui uma fábrica em Indaiatuba, interior paulista, desde 1998

Tóquio - A japonesa Toyota voltar a estudar um plano de 2008 para abrir uma fábrica em Sorocaba, no interior de São Paulo, naquela que seria sua segunda planta no Brasil, projeto que tinha ficado congelado pela crise econômica, informaram hoje à agência EFE fontes da companhia.

Uma porta-voz da Toyota explicou que o grupo "está considerando, entre outras questões, qual seria o melhor momento para abrir a planta", que precisaria de um investimento entre US$ 600 milhões e US$ 700 milhões. Segundo os cálculos de 2008, a fábrica traria pelo menos 2.500 empregos diretos e cerca de 11 mil indiretos.

A Toyota tem, desde 1998, uma fábrica em Indaiatuba, também no interior paulista. A planta fabrica 80 mil unidades do Corolla por ano. Segundo a edição desta quinta-feira do jornal econômico Nikkei, a segunda fábrica no Brasil teria uma capacidade anual superior a 100 mil carros pequenos, destinados ao mercado interno, e poderia ser inaugurada no ano que vem.

Desde 2008, quando o projeto foi abandonado, o mercado brasileiro de automóveis cresceu 11%, chegando a 3,14 milhões de unidades no ano passado. O Brasil foi em 2009 o quinto mercado mundial em vendas de automóveis, mas, segundo analistas, em 2010 o país vai ultrapassar a Alemanha e se tornará o quarto, atrás de China, EUA e Japão. Cerca de 60% do mercado automobilístico brasileiro é dominado por Fiat, Volkswagen e General Motors.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.